SINDICATO E FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES DA INDÚSTRIA E CONSTRUÇÃO CIVIL VISITAM CANTEIRO DE OBRA DA VILUMA EM ZÉ DOCA.


 Com intuito de fiscalizar e dirimir conflitos trabalhistas entre operários e a classe patronal, os Presidentes do Sindicato dos trabalhadores na Indústria da Construção Civil de Zé Doca, Francisco Silva Costa Amorim, conhecido como Fogoi acompanhado do Presidente da Federação dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil e do Mobiliário do Estado do Maranhão-Francisco das Chagas Viana realizaram uma assembléia extraordinária com os trabalhadores da Empresa VILUMA.

Essa Assembléia teve como objetivo ouvir as reclamações dos trabalhadores e ao mesmo tempo conscientizá-los sobre a importância do Sindicato na luta pelos direitos trabalhistas, as conquistas já realizadas, assim como as propostas da classe patronal.
O Presidente do Sindicato aproveitou o ensejo para apresentar uma síntese das conquistas judiciais em defesa da categoria e contra os destratos da classe patronal que nem sempre tem cumprido com as exigências determinadas pela CLT.
Francisco Amorim enfatizou em seu discurso que as visitas aos canteiros de obras faz parte da rotina da direção do Sindicato, essas visitas objetivam fiscalizar as empresas que estão operacionalizando na região e exigir tratamento digno aos operários.
Durante a visita ao canteiro de obra, chegou à direção do Sindicato uma denúncia contra a Empresa ME-CONSTRUÕES LTDA terceirizada da VILUMA ENGENHARIA dizendo que encarregado de obra da VILUM havia pedido o afastamento de quatro trabalhadores.

MOTIVO DO AFASTAMENTO.

Conforme alegações, denunciaram que foram admitidos para trabalharem com reboco, entretanto, o encarregado exigiu que os mesmos fizessem também alvenaria, como se recusaram a atender ao pedido foram afastados, criando problema grave entre a M.E e a VILUMA. O presidente do sindicato sabiamente buscou apaziguar esses conflitos e dirimiu acordo entre as duas partes, exigiu que os trabalhadores e a Construtora M.E apresentassem propostas viáveis para ambos os lados.
O Presidente do Sindicato além de reunir com trabalhadores e empresa, convocou também uma reunião de negociação para a sede do Sindicato, onde com muita habilidade explicou algumas normas dos direitos trabalhistas e que todos tem o dever de saber seus direitos e obrigações.

Dessas negociações ficou acertado que a Empresa ME deslocaria os trabalhadores para um alojamento mais arejado, melhoria salarial e pagamento de diárias em dias parados, feito isso, todos voltaram às atividades, sendo demitidos apenas os Três funcionários que não aceitaram as propostas da ME Construção.

COMPARTILHAR:

+1

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil.
NCST-MA - Presidente: Raimundo Henrique da Silva Endereço: Av. Senador João Pedro, Casa do Trabalhador Sindicalizado-Sl 01 - Centro | 65025-150 Telefone: (98) 3221-3679 E-mail: ncst-ma@hotmail.com

Receba atualizações por e-mail