Nova Central Sindical do Maranhão participa do Encontro de Conselheiros Nacionais da NCST

11 de dezembro de 2014, às 18h17

Foi realizado na quinta-feira, dia 19 de novembro, no Hotel San Marco em Brasília, o 1º Encontro dos Conselheiros Nacionais da Nova Central, onde foram debatidos temas como a Política Nacional de Participação Social, instituído pela presidente Dilma Rousseff através do Decreto Nº 8.243/2014, além de aprovar o Manual de Capacitação de Conselheiros da instituição.

A NCST-MA foi representada pelo seu presidente Raimundo Henriques da Silva e do diretor de Organização e Relações Sindicais da Nova Central do Maranhão, Cleber Silva dos Reis.
Na abertura dos trabalhos, o presidente Nacional da Nova Central, José Calixto Ramos afirmou que a “Participação no Controle Social” é uma questão de princípios da central, conforme as diretrizes de sua “Carta de Princípios”, aprovada no seu I Congresso, em 2005. “Por isto buscamos ações unificadas com o conjunto da sociedade em defesa de políticas públicas”.

 Responsável pelo evento, o 2º vice-presidente nacional da Nova Central e coordenador dos membros dos conselhos, José Reginaldo Inácio, ressaltou em sua palestra a importância da Constituição Federal de 1988, que dentre os avanços de participação social, possui uma “matriz democrática” que envolve dois tipos de teorias democráticas.

O encontro contou com um momento de formação sindical dos participantes, onde foi ressaltado o caráter pioneiro da Nova Central em ouvir e identificar gargalos do movimento sindical, no sentido de superar tais dificuldades. Foi lembrada também a importância de participação contínua nos conselhos populares em atuação no país: dos 140 conselhos em atividades em todo o Brasil, a NCST tem assento em 98, com planos de ampliar essa participação.

“Um deles é a Teoria Deliberativa e a Teoria Participativa, que a partir de 1988, deram aos conselhos públicos um especial destaque. Nas esferas superiores de governo, os conselhos públicos possuem características deliberativas e por esta razão, seus membros precisam estar preparados e bem informados de suas atribuições, para não só concordar com os desejos governamentais”, disse.

Inácio também enfatizou que o movimento sindical, por consequência das novas práticas de participação social, é chamado a ajustar-se às novas demandas, mas que só através da “organização e participação” de forma qualificada, seus representantes desempenharão suas funções com melhor entendimento.


“Como exemplo desta atuação mais geral temos os conselhos de educação e saúde, ou ainda, nas decisões sobre gestão, como acontece nos Conselho do FGTS. Podemos concluir que a noção de democracia sempre perpassa que o poder, de uma forma ou de outra, advém da participação da sociedade na tomada de decisões sobre qual a melhor se deve gastar os recursos da Nação”, concluiu Reginaldo. 





COMPARTILHAR:

+1

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil.
NCST-MA - Presidente: Raimundo Henrique da Silva Endereço: Av. Senador João Pedro, Casa do Trabalhador Sindicalizado-Sl 01 - Centro | 65025-150 Telefone: (98) 3221-3679 E-mail: ncst-ma@hotmail.com

Receba atualizações por e-mail